segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Um par

Um par de meias
de pés diferentes, de pares distantes, perdidos...
que formam um par!
Um par de lembranças, daquilo que são
um furto, um presente, um destino,
um par exato, exatamente: um par!
Um par que valeu a pena, numa caixa pequena,
numa gaveta, numa saudade e um sorriso
Desvio de rota e um esbarrão
Meias que guardam palavras, segredos em silêncio, o sim e o não. A volta. (28-10-07)


Domingo pra revirar caixas, lembranças, paixões, fotos, bilhetes de cinema, papel com seu número... revira...que revira...que revira...

2 comentários:

  1. Poemas antigos... sempre bom tirar da caixa!

    ResponderExcluir
  2. Sim, de vez enquando vem um antigo... =)

    Obrigada pela visita!!

    ResponderExcluir

Comenta aew! :)

leia também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...